Feliz dia da toalha

25/05/2011
|

Ela pode ser usada pra gente se enxugar. Ou como agasalho, cobertor e vela de barco. Pode servir de escudo num combate ou para proteger o rosto de emanações tóxicas e, o melhor, ela cabe em qualquer mochila. Isso, é claro, se você for um mochileiro das galáxias. E tem mais:

“Porém o mais importante é o imenso valor psicológico da toalha. Por algum motivo, quando um estrito (isto é, um não-mochileiro) descobre que um mochileiro tem uma toalha, ele automaticamente conclui que ele tem também escova de dentes, esponja, sabonete, lata de biscoitos, garrafinha de aguardente, bússola, mapa, barbante, repelente, capa de chuva, traje espacial, etc., etc.

Além disso, o estrito terá prazer em emprestar ao mochileiro qualquer um desses objetos, ou muitos outros, que o mochileiro por acaso tenha “acidentalmente perdido”. O que o estrito vai pensar é que, se um sujeito é capaz de rodar por toda a Galáxia, acampar, pedir carona, lutar contra terríveis obstáculos, dar a volta por cima e ainda assim saber onde está sua toalha, esse sujeito claramente merece respeito.”

Esse trecho do livro O Guia do Mochileiro das Galáxias, de Douglas Adams, explica a comemoração do dia da toalha, 25 de maio, estendida ao dia do orgulho nerd. A data foi instaurada em 2001, quando Douglas faleceu. Para saber mais, sugerimos a ótima matéria do site da Revista Trip.

Então, não entre em pânico: tudo pode ser resolvido quando se tem uma toalha na mochila. Infelizmente, aqui no escritório a gente só tinha uma, de rosto, que estrela as fotos abaixo!

Ela pode ser usada pra gente se enxugar. Ou como agasalho, cobertor e vela de barco. Pode servir de escudo num combate ou para proteger o rosto de emanações tóxicas e, o melhor, ela cabe em qualquer mochila. Isso, é claro, se você for um mochileiro das galáxias. E tem mais:

“Porém o mais importante é o imenso valor psicológico da toalha. Por algum motivo, quando um estrito (isto é, um não-mochileiro) descobre que um mochileiro tem uma toalha, ele automaticamente conclui que ele tem também escova de dentes, esponja, sabonete, lata de biscoitos, garrafinha de aguardente, bússola, mapa, barbante, repelente, capa de chuva, traje espacial, etc., etc.

Além disso, o estrito terá prazer em emprestar ao mochileiro qualquer um desses objetos, ou muitos outros, que o mochileiro por acaso tenha “acidentalmente perdido”. O que o estrito vai pensar é que, se um sujeito é capaz de rodar por toda a Galáxia, acampar, pedir carona, lutar contra terríveis obstáculos, dar a volta por cima e ainda assim saber onde está sua toalha, esse sujeito claramente merece respeito.”

Esse trecho do livro O Guia do Mochileiro das Galáxias, de Douglas Adams, explica a comemoração do dia da toalha, 25 de maio, estendida ao dia do orgulho nerd. A data foi instaurada em 2001, quando Douglas faleceu. Para saber mais, sugerimos a ótima matéria do site da Revista Trip.

Então, não entre em pânico: tudo pode ser resolvido quando se tem uma toalha na mochila. Infelizmente, aqui no escritório a gente só tinha uma, de rosto, que estrela as fotos abaixo!

Ela pode ser usada pra gente se enxugar. Ou como agasalho, cobertor e vela de barco. Pode servir de escudo num combate ou para proteger o rosto de emanações tóxicas e, o melhor, ela cabe em qualquer mochila. Isso, é claro, se você for um mochileiro das galáxias. E tem mais:

“Porém o mais importante é o imenso valor psicológico da toalha. Por algum motivo, quando um estrito (isto é, um não-mochileiro) descobre que um mochileiro tem uma toalha, ele automaticamente conclui que ele tem também escova de dentes, esponja, sabonete, lata de biscoitos, garrafinha de aguardente, bússola, mapa, barbante, repelente, capa de chuva, traje espacial, etc., etc.

Além disso, o estrito terá prazer em emprestar ao mochileiro qualquer um desses objetos, ou muitos outros, que o mochileiro por acaso tenha “acidentalmente perdido”. O que o estrito vai pensar é que, se um sujeito é capaz de rodar por toda a Galáxia, acampar, pedir carona, lutar contra terríveis obstáculos, dar a volta por cima e ainda assim saber onde está sua toalha, esse sujeito claramente merece respeito.”

Esse trecho do livro O Guia do Mochileiro das Galáxias, de Douglas Adams, explica a comemoração do dia da toalha, 25 de maio, estendida ao dia do orgulho nerd. A data foi instaurada em 2001, quando Douglas faleceu. Para saber mais, sugerimos a ótima matéria do site da Revista Trip.

Então, não entre em pânico: tudo pode ser resolvido quando se tem uma toalha na mochila. Infelizmente, aqui no escritório a gente só tinha uma, de rosto, que estrela as fotos abaixo!

Calebe Design

Leia também:

Cultura ágil: estratégia em movimento

03/09/2018
|

Saiba como a metodologia da cultura ágil pode transformar e tornar o seu negócio mais competitivo diante de um mercado cada vez mais digital.

O poder dos influenciadores

18/07/2018
|

Os influenciadores digitais são as celebridades de uma geração hiperconectada. Mas você sabe como trabalhar com eles na sua marca?